01ago18

100 grafiteiros são convidados para pintar uma escola e o resultado é surpreendente

100 grafiteiros são convidados para pintar uma escola e o resultado é surpreendente

O grafite é uma arte que, além de ser uma mostra de manifestação cultural, também pode ser considerada como instrumento de resistência e representatividade cultural.



Dentro do ambiente escolar, os estímulos artísticos, como o grafite, colaboram para o desenvolvimento da inteligência emocional, aumento da autoestima e da autoconfiança, ou seja, envolve o lado afetivo e sentimental dos alunos.



Como parte do festival urbano Rehab 2, que aconteceu entre 16 de junho e 16 de julho e com a ideia de romper com o padrão de um ambiente escolar sério e pouco colorido, a Cité Internationale Universitaire, na França, convidou 100 artistas grafiteiros para pintar o interior de uma república da universidade. 



Os artistas tiveram 3 semanas para dar asas à criatividade e transformar os seis andares do prédio. O trabalho resultou em murais que misturam técnicas, colagem, spray e stencil.



O espaço será restaurado e, infelizmente, as obras serão apagadas a partir de setembro deste ano. Porém os ambientes foram registrados em fotografias e ficarão na história servindo como um belo exemplo de integração entre a arte e o ambiente escolar.



Entre os artistas estão: Jo Di Bona, Grem, Joachim Romain, Moyoshi, Mister Pee e Skio, Akirovitch.



 

















































A notícia foi originalmente publicada em Zupi e Hypescience, onde é possível ver todas as fotos do projeto.



 





Insira seu nome e email e receba em seu email as nossas atualizações e conteúdo exclusivo!